França multa Google em US$ 268 milhões por práticas inescrupulosas

O órgão de defesa da livre concorrência, na França, decidiu multar o Google em € 220 milhões de Euros (US$ 268 milhões de Dólares), nesta segunda-feira, pois a empresa estaria abusando de sua posição dominante no setor de publicidade online.

De acordo com as autoridades francesas, as práticas adotadas pelo Google são extremamente graves pois penalizam os concorrentes em alguns mercados, além de prejudicar os anunciantes de sites e aplicativos.

O órgão ainda ressalta que quando uma empresa assume uma posição dominante no mercado, ela deve agir com mais responsabilidade, evitando utilizar seu poder de fogo para destruir a concorrência. 

Segundo o comunicado das autoridades francesas, o Google não rebateu os fatos e concordou em implementar medidas, assumindo o compromisso de efetuar mudanças em seus procedimentos operacionais. 

A chefe do órgão de fiscalização do governo francês, Isabelle de Silva, disse que essa decisão é inédita, o que pode ser o começo de um cerco às Big Techs. 

“É a primeira decisão no mundo a examinar os complexos algoritmos de lances em anúncios, através dos quais o sistema de publicidade da empresa opera,” disse ela.

“Essa multa, junto com o compromisso do Google em efetivar mudanças, vai fazer com que seja possível reequilibrar a mesa para que todos os jogadores possam jogar em condições iguais, permitindo aos webmaster obterem o máximo retorno de seus anúncios,” ela afirma.

A diretora legal do Google, Maria Gomri, postou em seu blog que o Google tem colaborado com as autoridades francesas nos últimos dois anos, nessas questões de tecnologia, especialmente na plataforma Google Ad Manager. 

Ela ainda disse que o compromisso assumido pela empresa, perante às autoridades francesas, farão com que os editores de sites tenham maior facilidade para utilizar os dados e as ferramentas de publicidade.

Após alguns testes que iremos fazer, nos próximos meses, mudanças serão implementadas de forma mais ampla. Algumas serão implementadas em escala mundial, disse Gomri.

Siga-nos no Twitter:

Tags: ,

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You cannot copy content of this page